Como a arte compõe a nossa vida

“Pensar é mais interessante que saber, mas é menos interessante que olhar.” Goethe

A Arte é o que melhor exprime essa frase tão interessante. Isso porque a arte está presente na vida de todos, atravessa os tempos, criando e contando o passado e recriando o presente. É com ela compomos a história de uma sociedade. Cada objeto artístico apresenta uma finalidade. Desde a pré-história, o homem sempre criou elementos que o ajudassem a superar as suas necessidades e a vencer desafios.

As obras de artes existem porque representam os sentimentos do ser humano, algo que a utilidade pública muitas vezes não consegue questionar, somente considera a sua beleza. Elas também fazem parte da cultura do povo e são capazes de ilustrar situações sociais. Em cada obra existem vários procedimentos e técnicas utilizadas para compô-la.

Com a arte, aprendemos a refletir sobre as principais filosofias e os principais críticos da arte, assim como o estudo dos objetos artísticos e os diferentes contextos sociais. A partir daí, você estará apto para criar, criticar e entender os movimentos artísticos que surgem no decorrer dos anos. É importante destacar que um artista não é só aquele que é criativo, mas aquele que cria objetos capazes de atender as necessidades e divulgar os seus pensamentos, assim como estimular outras pessoas e descobrir novas formas de fazer arte.

Vamos relembrar um pouco da história da arte e o que ela representou em cada época.

 

Idade Antiga

 

Arte Egípcia: A arte egípcia foi marcada pela escrita avançada que consistia na criação de símbolos, os hieróglifos. Sendo politeístas e crendo na vida após a morte, sua arte era voltada para a criação de túmulos para faraós, estátuas de deuses, vasos antigos e uma arquitetura baseada em suas crenças.

Arte Grega: A arte grega representava o homem como centro da perfeição e das obras de arte. Eram realizadas pinturas, estátuas, edificações e outros monumentos que valorizavam o ser humano em todos os aspectos.

Arte Romana: Influenciados pela cultura etrusta, a arte romana estava baseada na cultura greco-helenística. Foi uma arte fundamental que ajudou na preservação da arte grega. Ela se destacou, principalmente, na arquitetura com a construção de monumentos grandiosos, como teatros, templos, casas, etc.

Arte Paleocristã: A arte paleocristã era baseada em Jesus Cristo, de forma a difundir os seus ensinamentos para os povos. Teria começado na Judeia, uma província de Roma, e logo em seguida se disseminou para todo o Império Romano.

Arte Bizantina: A arte bizantina está baseada na reprodução das culturas greco-romana e oriental. Foi uma das mais expressivas no período governado pelo Imperador Justiniano.

 

Idade Média

 

Arte Românica: A arte românica era um estilo artístico criado dentro de oficinas e surgiu nos séculos XI e XII, na Europa. Deixou vestígios de sua arte, principalmente, na arquitetura, que era uma das mais valorizadas no período, com a criação de grandiosas basílicas românicas que muitas vezes eram chamadas de fortaleza de Deus e castelos.

Arte Gótica: A arte gótica prevaleceu no século XVI quando os bárbaros invadiram o Império Romano. Era caracterizada pela criação das abóbadas de arcos cruzados, arcos quebrados, vitrais, dentre outros. Na pintura, o destaque maior era a reprodução da realidade.

 

Idade Moderna

 

Renascimento: O Renascimento é um período da história da arte que revolucionou várias áreas do conhecimento, trazendo novamente o retorno da arte greco-romana. A pintura renascentista foi uma das que se destacou, revelando grandes talentos e obras de artes impressionantes.

Barroco: O Barroco teve inicio na Itália e foi uma arte focada na valorização dos elementos das artes anteriores e também das emoções e sentimentos humanos. Foi neste período que aconteceu a Reforma Protestante e a Contrarreforma que influenciou muito neste estilo.

Rococó: O Rococó valorizava os traços decorativos e ornamentais. Era voltada para a nobreza, um público que apreciava demasiadamente a ornamentação de seus espaços.

 

Idade contemporânea

 

Neoclassicismo: O Neoclassicismo se dedicou ao retorno dos princípios gregos, romanos e renascentistas. Esse movimento surgiu na Europa no século XVIII e trouxe novas formas de produção artística, principalmente, com o governo de Napoleão.

Romantismo: O Romantismo era um estilo de arte caracterizado pela oposição à arte neoclássica. Os artistas acreditavam que uma obra de arte deveria expressar o estilo do artista. Surgiu na Alemanha, nas últimas décadas do século XVIII.

Realismo: O Realismo teve como principal influencia a Industrialização e predominou entre 1850 e 1900. Tinha como característica o retrato da realidade e os diversos temas sociais e se destacou principalmente na pintura francesa.

Impressionismo: O Impressionismo foi um importante movimento que transformou a arte do século XX. Baseava-se na observação minuciosa da luz sob os objetivos, suas variações e como elas poderiam aparecer na tela dos pintores impressionistas.

*Com informações do site História da Arte

Share Tweet Pin it

Add Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Comments